Hospedagens Som das Águas
Alto Caparaó, sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Skip Navigation LinksHome : Fauna

Fauna na Serra do Caparaó

Fauna na Serra do Caparaó

O Parque Nacional do Caparaó é o refúgio de preciosas espécies da fauna brasileira sobreviventes da ação predatória do homem. Entre sua população de animais podem ser encontradas espécies ameaçadas de extinção como a onça pintada, a jacutinga, o gavião-real, a anta, o macuco, o mono-carvoeiro (brachyteles arachnoides), o lobo-guará (chrysocyon brachyurus), o veado-campeiro (ozotocerus bezoarticus), ocorrendo ainda a jaguatirica e o gato-mourisco.

As áreas florestais do Parque Nacional do Caparaó são de formação secundária, tendo sido alteradas pela ação do fogo, extração de madeiras nobres e desmatamento. Poucas áreas, em locais de mais difícil acesso, foram poupados dessas transformações, sendo que apresenta uma temperatura média anual de 22ºC a 24ºC.

Quati Macaco Jacu
Quati Macaco Jacu

Em seu estado primitivo, a região devia ser quase que totalmente coberta por Florestas Tropicais, apresentando a fauna característica de Mata Atlântica. Com a ocupação da terra para agricultura e pecuária, quase que a totalidade destas florestas foram destruídas, restando da fauna do Parque se resumindo a pequenos animais relativamente comuns, como o gambá, cuícas e outras várias espécies de pássaros conhecidos e ainda desconhecidos que atraem muitos biológos para essa região da cidade de Alto Caparaó em Minas Gerais.

Sanhaço Azul Borboleta João Penene
Sanhaço Azul Borboleta João Penene

Alguns roedores de certa importância como a paca, o tapeti e o caxinguelê. Além de alguns predadores menos exigentes quanto ao espaço vital como o cachorro-do-mato, irara, guaxinim e pelo menos uma espécie de gato-do-mato.

Tico-tico Rei Maritacas Macaco
Tico-tico Rei Maritacas Macaco

A avifauna é formada por espécies notáveis e muito comuns em grande parte do Brasil, especialmente o inhambu-chintam que habita as capoeiras, os urubus pretos, vários gaviões, sendo o mais frequente rapineiro é o gavião-carijó.

Canários da Terra Siriema Beija-flôr
Canários da Terra Siriema Beija-flôr

Além de diversas outras aves, como beija-flores, o carrapateiro, o cará-cará, o jacu, o bacurau, o formicidário, o furnarídeo, o tiranídeo, o saci, o tico-tico e a seriema.

São conhecidas 350 espécies de aves (tangarás, saíras, sabiás-laranjeira, tucanos, etc), 67 espécies de mamíferos (cachorro do mato, lobo-guará, mão-pelada, jacutinga, macaco-prego, etc), mais de 50 mil espécies de insetos, répteis e 64 espécies de anfíbios.

Sanhaço Azul e Verde Garrinchinha Tucano
Sanhaço Azul e Verde Garrinchinha Tucano

Se você quiser saber mais sobre pássaros, animais, plantas e outros segredos da Serra do Caparaó, então, visite a seção que trata do Parque Nacional do Caparaó com suas belezas naturais.

Você pode enviar um email para entrar em contato com nosso atendimento através do endereço eletrônico contato@somdasaguas.com.br ou se preferir, entre em contato através do nosso número telefônico (32) 8428-7085, para confirmar a sua hospedagem e assim solicitar um de nossos guias para fazer uma visita ao Parque Nacional do Caparaó! Hospede-se conosco!

Chalé Localização Pousada
Chalé Localização Pousada

Ajude a preservar a natureza! Muitas espécies, rios e áreas da região da Serra do Caparaó vem sofrendo com a destruição da biodiversidade e dos recursos naturais da fauna e da flora. Faça sua parte, cuide da natureza, não destrua e não mate animais, preserve as florestas e as plantas que fazem parte de sua região e área de atuação onde vive. Natureza é vida!

Você precisa ter mais contato com a natureza! Natureza é vida é saúde! Solicite sua reserva! A Hospedagens Som das Águas foi concebida e construída para tirar proveito de uma paisagem única na Serra do Caparaó em Minas Gerais.

Ir para o Topo da página

Skip Navigation LinksHome : Fauna